Organizações da Sociedade Civil na Huíla fazem o balanço do processo eleitoral em Angola

Analisar e emitir um parecer sobre o processo eleitoral que ainda decorre Em Angola, nas distintas fases, nomeadamente a pré-campanha, a campanha e acto eleitoral, leva o grupo de Coordenação Nacional da SC à uma sessõa extraordinária do grupo esta 6ªfeira, no Lubango, cidade capital da província da Huíla.

Segundo o coordenador do Grupo, Sr. João Francisco, o encontro vai tentar avaliar o desempenho e atitude das diferentes entidades envolvidas no processo, citando a comunicação social, os analistas políticos, os políticos, membros das Organizações da Sociedade Civil, e dos observadores nacionais e internacionais.

"Somos pela paz e defendemos o povo (as comunidades), discursos que incitam o ódio, voltados para o passado, pondo em risco o processo de unidade e reconciliação nacional, devem ser denunciados e condenados", esclareceu o líder do grupo. Para terminar a nossa fonte disse ainda que a Sociedade Civil quer-se forte e firme, com convicções e ideias claras em momentos como estes (eleições).

O encontro irá também preparar a agenda, o lema e o programa para VI Conferência Nacional das Organizações da Sociedade Civil do país, a ter lugar este ano naquela província que, posteriormente serão submetidos a discussão de todos no espaço virtual.

|

Comentarios

Comentários a este artigo no RSS

Comentarios recientes

Cerrar